terça-feira, 26 de maio de 2009

Santos populares na Madeira


Junho é o mês dos santos populares. Santo António a 13, São João a 24 e São Pedro a 29. Na Madeira e Porto Santo, as festas populares são vividas pelas paróquias que dão nome do santo com grande devoção religiosa, mas igualmente são um forte motivo para o tradicional arraial e respectivas marchas.
Na freguesia mais populosa da região autónoma, Santo António, no concelho do Funchal as marchas do dia 12 para 13 levam milhares de pessoas para as principais ruas do centro da localidade, devidamente engalanada com os adereços alusivos ao "santo casamenteiro".
Não menos emblemáticos são os festejos de São João. No Funchal, Calheta e Porto Santo as festas concentram milhares de pessoas. Na capital madeirense, a festa já foi das mais rijas de toda ilha, junto à capela de São João, mas a evolução dos tempos transportou a animação para as praças da cidade, nomeadamente no Carmo. A Câmara Municipal do Funchal, aposta forte nos denominados "Altares de São João", igualmente a pensar no turismo que em Junho visita a Madeira.
No Porto Santo as festividades constituem um cartaz importante na animação da ilha. Ali, as marchas já mereceram honras televisivas para todo o mundo. A autarquia local investe bem neste evento popular, visto o mesmo atrair ao Porto Santo alguns milhares de visitantes.
Na Calheta, a festa é vivida com muita animação, igualmente com o desfile das marchas de São João.
Por último, mas não menos importante, são as festas de Sao Pedro, com atenções centradas na vila da Ribeira Brava, outrora um importante centro piscatório regional. O santo protector dos pescadores leva milhares de pessoas ao centro da freguesia, que se veste em grande animação para receber, não apenas os residentes e turistas, mas também os emigrantes que chegam na última semana de Junho para passar as férias com a família.
Em termos gastronómicos os santos populares na Madeira apresentam hábitos totalmente diferentes do resto do país, nomeadamente nos convívios familiares. O atum salpresado ou atum de São João, é uma das iguarias mais consumidas nesta quadra, devidamente acompanhado com maçarocas e feijão cozido com a vagem. Como não há arraial madeirense sem espetada e bolo do caco, nas ruas, estes são os principais elementos confeccionados.
Aos poucos e por influência das superfícies comerciais, as sardinhas assadas ganharam algum espaço, sobretudo nos festejos populares do Funchal.

2 comentários:

Anónimo disse...

Fico feliz por ver a tradição das festas de santo antónio, são joão e são pedro no funchal.
A AcrMatriz, da qual faço parte é responsável pelas festas de santo antónio na nossa cidade, Póvoa de Varzim e representa o Bairro da Matriz, o mais velhinho da cidade nas festas de S. Pedro.
Este ano adiamos a festa de Santo António, de 12 para 20,porque iremos participar nas Marchas de Santo António, em Santo António do Laranjal do Funchal e estamos ansiosos, por mostrar as nossas tradições e assimilar as tradições madeirenses. Esperamos ser bem aceites e trazer boas lembranças desta digressão e como é nosso hábito, queremos deixar SAUDADES.
Marisa
ACRMATRIZ
Rancho Tricanas do Cidral

ANTONIO LOPES disse...

Caros (as) amigos (as);

PROPOSTAS DE ESPECTÁCULOS:


LUCAS & MATHEUS (dupla brasileira)
18 anos de carreira em Portugal. Brevemente no mercado o 18º cd (editora Espacial).
Espectáculos em playback (com ou sem bailarinas) ou com banda (12 pessoas em palco, 8 músicos, 2 bailarinas e a dupla).
Romantismo quanto baste, mas fundamentalmente a animação com as canções mais ritmadas.
Os concertos são simplesmente fabulosos.
Site:
www.lucasematheus.com


LÉO & LEANDRO (dupla brasileira)
3 anos de carreira em Portugal. Brevemente no mercado o 3º cd (editora Espacial).
Espectáculo em playback (com ou sem bailarinas) ou com banda (10 pessoas em palco, 6 músicos, 2 bailarinas e a dupla).
Romantismo quanto baste, mas fundamentalmente a animação com as canções mais ritmadas.
Os concertos são surpreendentes.
Site: www.leoeleandro.com.pt


BANDA CORAÇÃO SERTANEJO
Um grande projecto. Sairá brevemente o seu 1º cd editado em Portugal pela editora Espacial. Na linha das bandas brasileiras Calcinha Preta e Calypso, pretende ir de encontro ás pretensões do nosso mercado. Animação total, com repertório próprio e também interpretando os grandes sucessos da música do Brasil. O cd será composto por 12 canções inéditas abarcando diversos estilos, tais como: FORRÓ, CARIMBÓ, CALYPSO, BAIÃO, SERTANEJO, etc.
A banda será composta por 6 músicos, um casal de bailarinos (trajados a preceito), um vocalista e uma vocalista. Um concerto imperdível.
Site: brevemente

AGRUPAMENTO MUSICAL IVASON
Formado há 10 anos, com 9 cd´s editados lançarão brevemente o 10º através da editora Espacial, composto por 12 canções inéditas.
A música de baile no seu estado mais puro, 100% portuguesa. Na melhor tradição do bailarico de aldeia, são 3 horas consecutivas de temas só para dançar sem parar.
Esta banda é das mais solicitada para actuações em festas populares, o que atesta de facto a sua qualidade e prestígio.
Site:
www.ivason.com

Nota: Aguardo o vosso contacto para mais informações.

ANTÓNIO LOPES (913729192/960195669/email:
antonio.alproducoes@gmail.com)